Conteúdo

28/05/2019

Segundo a Agência Nacional de Estatísticas do Canadá (Statistics Canada), 1 em cada 7 homens começa a sofrer de depressão seis meses depois de estar desempregado. Os homens são 3 vezes mais propensos a cometer suicídio do que as mulheres.

A “depressão masculina” se configura com elementos muito particulares, reservados aos homens. Há a necessidade de tratá-la de forma diferenciada. A depressão, quando não tem causas essencialmente orgânicas é resultante de uma combinação de fatores como histórico pessoal, traços de personalidade, cultura e elementos externos que disparam um processo silencioso de corrosão da capacidade de sentir prazer na vida, equilíbrio da negatividade ou de resiliência frente aos impasses.

Numa realidade complexa e com muitas sutilezas emocionais, o homem fica paralisado, pois não foi treinado para lidar com a amplitude de suas emoções. Assim, a solidão masculina é um fator que contribui para a construção dessa jaula social que cria uma barreira invisível entre os ami...

21/05/2019

“Sinta ansiedade para ser um ser melhor. Para ter projetos inteligentes que melhoram a vida de todos os seres. Eu reconheço a minha ansiedade e irei usá-la de forma que seja benéfica para minha saúde e para as pessoas que estão a minha volta.”

Monja Coen

14/05/2019

Nesse exato momento, existe uma infinidade de pessoas realizando as suas atividades profissionais e, ao mesmo tempo, convivendo com uma angústia extrema. Da profissão mais humilde àquela mais elitizada, ela se faz presente. Falo da Síndrome de Burnout, cujo significado faz analogia a um motor que não funciona mais. O Burnout é um adoecimento gerado pelo trabalho, que pode ser em função de uma sobrecarga para o funcionário, desvalorização ou falta de reconhecimento ou aquela insatisfação crônica com a atividade profissional que exerce.

Nem todos têm o privilégio de trabalhar com aquilo que gosta, infelizmente. Contudo, há casos em que a atividade profissional é tão incompatível com o perfil do funcionário que acaba se configurando uma verdadeira agressão à saúde emocional e/ou física dele.

Perceber-se ali, diariamente, por anos ou décadas, realizando algo que não o fascina leva o indivíduo a sentir-se fora do eixo, como quem usa um sapato que não lhe serve, uma tortura. E, engana-se quem...

Escolhi esta lenda para agradecer a todas as pessoas que passaram, que estão em minha vida e as que virão e farão parte dela. Hoje, quando completo 59 anos, me vejo como um Ser que teve a sorte de se conhecer, de ter vivido o que vivi, de ter me relacionado com muitas, muitas outras vidas.

Minha gratidão por todos Vocês.

Através de Vocês Eu Vivo o meu Propósito. 

Existe uma lenda oriental diz que as pessoas destinadas a se conhecer estão conectadas por um fio vermelho invisível. Este fio nunca desaparece e permanece constantemente preso aos seus dedos, independentemente do tempo e da distância.

Não importa que duas pessoas que estão predestinadas demorem a se conhecer, nem importa que hoje elas vivam cada uma em um canto do mundo, o fio se estirará e se encolherá o quanto for necessário. Mas nunca, nunca, vai quebrar.

De acordo com essa crença, o nosso fio vermelho tem estado conosco desde o nosso nascimento e sempre nos acompanha, apesar do fato de que, com o passar dos anos, ele se enrole...

Please reload

Destaques

MANIFESTO

May 7, 2020

1/10
Please reload

Categorias
Please reload

Tags
Please reload

Siga-me
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
Arquivo