Conteúdo

26/06/2018

Segundo Renata Quintella, você também pode ser um suspiro na vida de alguém. Para isso, basta reacendermos a centelha de luz que existe dentro de nós.

Fundadora do Instituto A Nossa Jornada, que já alcançou 5 países e 80 cidades brasileiras com o movimento "O que eu posso fazer por você agora?".

Em 2014, foi eleita uma das mulheres mais inspiradoras do Brasil e, em 2016, levou a tocha olímpica, em seu revezamento nos Jogos Olímpicos.


 

19/06/2018

Um diálogo:

“Aceite o que é”.

“Não posso. Eu me sinto agitado e irritado por causa disso”.

“Então, aceite o que é”.

“Aceitar que eu estou agitado e irritado? Aceitar que não consigo aceitar”?

“Isso mesmo. Aceite a sua não-aceitação. Entregue-se à sua não-entrega. E veja o que acontece”.

Eckhart, O Poder do agora

“São tantas emoções”, já dizia o cantor popular. Experimentamos as emoções no nosso corpo, não na nossa mente. A emoção é, antes de tudo, um estado físico. Não falamos do medo de ficar com o coração na boca? Ou da alegria de sentir o coração leve?

Existe uma ligação entre o cérebro e o coração, uma ligação física entre o nosso cérebro emocional, chamado de límbico, e o nosso coração. A coisa funciona assim:

Temos um cérebro chamado cognitivo, que é educado, racional, diplomático, controlador, e um cérebro límbico, primitivo, tipo “homem das cavernas”, que fica ali no fundo, em guarda.

Quando ele percebe um perigo ou uma oportunidade excepcional – um inimigo ou uma pessoa atraente -, ele...

12/06/2018

A vergonha é uma epidemia silenciosa, o segredo por trás de várias formas de desvios comportamentais.

Brené Brown, cuja palestra anterior sobre vulnerabilidade tornou-se sucesso viral, explora o que pode acontecer quando as pessoas se confrontam com suas vergonhas.

Seu próprio humor, humanidade e vulnerabilidade brilham através de cada palavra.

Um casal que tinha hospedaria ouviu que uma planta chamada myoga (broto de gengibre japonês)  era capaz de fazer as pessoas esquecerem das coisas.

Um dia, um homem parecia muito rico alojou-se na hospedaria com uma enorme bagagem. O casal ganancioso, querendo que o cliente esquecesse sua mala quando fosse embora, resolveu servir vários pratos preparados com myoga: sopa de myoga, refogado de myoga, salada de myoga, frituras de myoga – enfim, usaram myoga em todos os pratos.

“O senhor nos desculpe”, pediram os proprietários ao hóspede. “Como estamos longe da cidade, não há nenhum prato especial. Preparamos tudo com myoga que colhemos da nossa horta. Por favor, sirva-se”.

“Ora, eu adoro myoga”, disse o homem. “Muito obrigado”.

Não havia dúvida de que o hóspede esqueceria toda a bagagem quando fosse embora.

À noite, os dois ficaram deitados conversando, fazendo planos: “Vou comprar um quimono novo para você, e para mim uma roupa nova de primeira”, disse o marido.

Ambos dormiram felizes, mal pode...

Please reload

Destaques

MANIFESTO

May 7, 2020

1/10
Please reload

Categorias
Please reload

Tags
Please reload

Siga-me
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
Arquivo